Registro de Domínios: o que é e como registrar um para sua empresa

Por Alison Nunes / 31/08/2018 /

Você sabia que o registro do domínio é um dos pontos mais importantes para ter seu site ou blog na internet? Neste artigo esclarecemos as principais dúvidas e te ensinamos passo a passo, como escolher e registrar um domínio para sua empresa.

Ter um site é o ponto de partida para todos que querem trabalhar ações de Marketing Digital através da internet. Muitas empresas e profissionais ainda tem dificuldades e não conhecem o processo para publicação do seu site. A primeira dificuldade está ligada a escolha e processo de registro do domínio, que é sem sombra de dúvidas uma das partes mais importantes deste processo, pois é através dele que as pessoas vão encontrar sua empresa na internet. Neste artigo, vou esclarecer os pontos mais importantes que você precisa saber sobre registro de domínios. Desejo a você uma ótima leitura!


Neste artigo você aprenderá:


1. O que é um domínio?

2. Qual a diferença entre domínio e hospedagem?

3. Dicas para escolher um bom domínio

4. Como registrar um domínio para sua empresa


O que é um domínio?

O domínio é um endereço eletrônico que identifica a sua marca na internet. É através dele que seu site ou blog fica acessível na internet, podendo também usá-lo nas extensões do seu e-mail seunome@seudominio.com.br.

Existem milhares de domínios registrados na internet, ele é sem dúvida um fator importante na hora de criar o site da sua empresa ou blog, pois é através dele que as pessoas encontrarão você na internet.

Após escolher o nome mais apropriado para o seu projeto, você deve se atentar a escolha de uma extensão. Existem diversas extensões disponíveis para registro, as mais usadas são:

.com

.com.br

.net

.org

.info

.edu

Os domínios funcionam como uma “máscara” que tornam fácil a memorização do site da sua empresa, eles estão ligados a um endereço de IP (Internet Protocol), que é representado por uma sequência numérica, o que o torna complicado de memorizar e ter um baixo apelo comercial.

Imagina que ao invés de promover sua página através do seu domínio www.suaempresa.com.br você utiliza-se 192.0.1.130.4. Já deu pra entender né?


Qual a diferença de domínio e hospedagem?

Para entender a diferença entre domínio e hospedagem vamos ilustrar aqui como funciona o processo para tornar seu site ou blog acessível na internet.



Para publicar o seu site ou blog na internet, além dos arquivos do projeto (código fonte), você precisa:

1ª – Registrar um domínio, onde o domínio equivale ao nome da sua empresa ou projeto.

2ª – Contratar um servidor de hospedagem: Que é um local virtual onde você vai armazenar os arquivos e código fonte do seu projeto e vincular o seu domínio ao respectivo servidor.

Explicando de maneira objetiva, quando o usuário acessar o seu domínio, uma vez vinculado a um servidor de hospedagem, ele vai solicitar a ele a exibição do projeto que ali encontra-se hospedado (armazenado).


Dicas para escolher um bom domínio

Escolha um nome curto e memorável

O domínio é o nome da sua empresa da internet, por isso, ele deve ser objetivo e fácil de memorizar, escolher algo curto e claro é a primeira dica. Por mais que você tenha vontade de deixar claro com o que você trabalha, qual seu segmento de atuação e outras informações importantes para o seu negócio, é melhor não fazer isso no domínio, pois ele pode ficar longo demais. Uma boa alternativa, aqui, para traduzir essa mensagem, é usar um domínio específico e trabalhar esses outros fatores como parte da estratégia de conteúdo do seu site.


Evite caracteres especiais

Traços, underlines, números, pontos e outros caracteres especiais não precisam aparecer no seu domínio. Esses elementos podem confundir a cabeça do usuário, e a maioria dos sites, sobretudo de empresas, não costuma utilizá-los.

Palavras que tem Ç também devem ser evitadas, já que o sistema de domínios não suporta o caractere, que será identificado apenas como C.


Foco na extensão!

Um problema que muitas marcas enfrentam é o fato de que, como já existem milhares de domínio registrados, pode ser uma verdadeira epopeia encontrar a URL desejada disponível.

Contudo, uma alternativa bastante interessante para driblar essa dificuldade são as novas extensões de domínios, que fogem dos tradicionais .com e .com.br. Além disso, elas são perfeitas para traduzir o espírito de uma empresa sem que seja preciso utilizar muitas palavras no endereço.


O domínio deve ser de fácil compreensão

Grande parte da propaganda entra em nossa mente através dos ouvidos. Ouvimos o nome de um site no rádio, ao telefone, em uma conversa com amigos. Se o domínio for de difícil pronúncia, como vamos entendê-lo e gravá-lo em nossa memória? Não é o caso, por exemplo, do domínio danone.com.br que é fácil de pronunciar e entender. Para ser de fácil compreensão, um domínio na Internet não deve possuir excesso de consoantes e, se possível, possuir letras repetidas.


Relacione seu produto ou serviço ao domínio

Isso é uma regra fundamental principalmente para pequenas e médias empresas que não terão recursos para investimentos agressivos em divulgação de marcas. Se o domínio tiver algum tipo de associação com o produto ou serviço que a sua empresa oferece, será muito mais fácil para o seu cliente se lembrar dele. Exemplo: você sabe o que é comercializado pelo site ingressofácil.com.br? Outra ótima razão para escolher domínios que contenham palavras associadas aos produtos é o fato de ajudarem o site a aparecer bem no ranqueamento dos sites de busca. O que por si só, já é um altíssimo benefício.


Como registrar um domínio?

Registro de domínios com final “.br”

No Brasil o registro de domínios é feito pelo Registro.br, departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, braço executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). Para registrar um domínio, é necessário ser uma entidade legalmente representada ou estabelecida no Brasil como pessoa jurídica (Instituições que possuam CNPJ) ou física (CPF) que possua um contato em território nacional.

Antes de qualquer coisa, você deve pensar no nome do domínio, nossa dica é que liste algumas alternativas de nomes para o seu domínio, e organize-os em ordem de prioridade, leia acima nossas dicas para escolher um bom domínio e com sua lista em mãos siga as seguintes etapas


1. Verifique a disponibilidade do domínio

Acesse o portal do Registro.br para verificar a disponibilidade. Na página inicial você vai ver um campo para digitar o nome domínio e pesquisar a disponibilidade. 

Comece pelos nomes com prioridade alta em sua lista, caso o mesmo não esteja disponível, consulte os seguintes. Note que o próprio Registro.br terá fará sugestões de nomes caso o que tenha escolhido não esteja disponível

Se você quiser entender que tipo de terminação se encaixa melhor para o seu negócio, o Registro.br também traz explicações de cada extensão.

Você pode conferir todas elas nesta página.


2. Registro do domínio e Cadastro no serviço de registro

Depois de encontrar um domínio disponível, você vai clicar na opção “Registrar”, agora é hora de fazer seu cadastro pessoal. Para isso basta seguir as etapas seguintes fornecendo dados básicos como nome, e-mail, telefone, cpf ou cnpj caso o registro seja feito em nome da sua empresa.

Nessa etapa você também vai informar o DNS do servidor em que seu site está hospedado. Caso você não tenha contratado um servidor de hospedagem não se preocupe, pois você pode informar o DNS em outro momento.


3. Faça o pagamento

Atualmente, o preço do registro de domínio é de R$ 40,00 por ano, sendo que você pode contratar o serviço por períodos maiores com descontos.

Após a confirmação do pagamento, o Registro.br permitirá que você gerencie o seu domínio podendo transferir a propriedade, atribuir a gestão técnica e financeira para outros usuários, além de gerenciar servidores e zona DNS.


Nota importante

Caso você contrate um terceiro para registrar o domínio da sua empresa, certifique-se de que ele faça em seu nome ou no nome da sua empresa, aqui a dica é que seja criado até um cadastro em seu nome pois é comum, situações onde terceiros registraram domínios em sua conta pessoal e por algum motivo, sumiram ou perderam contato com o cliente e ao vencer o prazo de registro, os mesmos ficam na mão pois não conseguem renovar e gerenciar o domínio por não serem os titulares ou administradores.


Registrando domínios com outras extensões

Se você optar por registrar um domínio que não termine com ".br", o procedimento é muito parecido com apresentado acima mas neste caso, a sugestão é fazer tudo através do serviço de hospedagem.

Existem muitas empresas com boa reputação no mercado, como Kinghost, GoDaddy, UOL Host, Locaweb, HostGator, entre outras.


Devo registrar meu domínio com diferentes extensões?

Ao escolher o nome do seu domínio, o ideal é que você consulte a disponibilidade do mesmo em outras extensões, pelo menos na ".com", além da ".com.br", pois não seria legal você ter uma empresa que utilize o mesmo nome de domínio que o seu e faça exatamente a mesma coisa que você certo? Por isso, recomendamos que considere registrar outras extensões para o nome de domínio que você escolheu. Por exemplo:

www.suaempresa.com.br

www.suaempresa.com

www.suaempresa.net

Mesmo que você não use os demais, você garante que a situação acima não ocorra, você também pode fazer direcionamentos onde após eleger qual será o domínio principal, faça com que o usuário seja redirecionado para ele caso acesse alguma das outras extensões que registrou.


Conclusão

O que achou das nossas dicas? Como falamos acima, não é tão complicado registrar um domínio mas pessoalmente falando é uma das etapas mais demoradas e importantes, pois escolher o nome para nossa empresa na internet requer responsabilidade e pode levar um certo tempo, sem contar que muitas vezes, as opções que você listou pode não estar disponível e é aí que temos que ser criativos e ao mesmo tempo, respeitar as dicas que demos ao longo deste artigo.

Caso fique com dúvidas a respeito, podem recorrer a este artigo sempre que precisarem.



Compartilhe este post:

Deixe seu comentário