SEO: Saiba como destacar sua empresa nos motores de busca

Por Alison Nunes / 18/09/2018 /

Os motores de busca é hoje um dos principais canais para geração de tráfego para seu site. Através das Otimizações para Motores de Busca (SEO), você pode influenciar o algorítimo do Google para que seu site apareça entre as primeiras posições.

Neste artigo vamos falar sobre:


Conforme falamos neste outro post, o tráfego é um dos pilares e um dos objetivos de toda campanha de Marketing Digital, neste contexto, melhorando sua visibilidade nos motores de busca, o aumento de tráfego em seus canais se torna consequência.

Ser encontrado pelos seus clientes é hoje o principal objetivo de toda empresa, em se tratando do Google, mecanismo de busca mais utilizado nos dias de hoje, você pode se destacar nas primeiras posições de duas maneiras:

Otimização para Motores de Busca - SEO

Como o título sugere, através do Google Ads você cria campanhas baseadas nos termos chaves de maior relevância para a sua empresa e após definir os detalhes da mesma, ao pesquisarem por esses termos, seu site, blog ou loja virtual aparecerá nos primeiros resultados.

O ponto positivo neste caso é o resultado que você obtém a curto prazo, rapidamente após configurar sua campanha, ela já começa a ser veiculada nas primeiras posições.

O ponto negativo é que sua campanha literalmente desaparece uma vez que acaba seu crédito e ela fica desativada até que você faça uma nova recarga.

Nos resultados orgânicos (não pagos)

Nos resultados das buscas, tudo que não é pago é resultado orgânico, e ao contrário do método anterior, os algoritmos do Google, analisa centenas de fatores nas páginas indexadas na web e a partir disso, ranqueia as páginas favorecendo as primeiras posições para as páginas que julgam ser mais relevante.

O ponto negativo é que dependendo da concorrência, os resultados um pouco mais para aparecerem e o positivo, é que uma vez conquistada um bom posicionamento, ele permanece lá por muito tempo, você só perde posição, caso os algoritmos do Google encontrem páginas com conteúdo mais relevante que o seu.

A boa notícia é que você pode através das Otimizações para Motores de Busca, influenciar os buscadores para que seu site se destaque entre as primeiras posições a partir das palavras-chaves de relevância para o seu negócio e é aqui que entra o SEO (search engine optimization).

O que é o SEO (Search Engine Optimization)?

Para explicarmos de forma simplificada o que é SEO vamos pedir para que você leitor visualize o Google. Nesse motor de buscas podemos procurar qualquer palavra, frase, ou tema. Quando pesquisamos aparecem diversas páginas relacionadas com aquele conteúdo, certo?

Note que como resultado da busca, o Google te apresenta milhares de resultados (páginas na web), que possivelmente possam suprir sua necessidade naquele momento. Justamente por existirem milhares de opções nos resultados, podemos ver que o mercado é competitivo e o grande desafio é colocar seus links entre as primeiras posições.

As Otimizações para Motores de Busca tratam-se de um conjunto de ações e de estratégias cujo objetivo principal, é o rankeamento das páginas do site, blog ou loja virtual dentro dos resultados orgânicos dos mecanismos de pesquisa como o Google.

E quais fatores o Google usa para o rankeamento?

Para ranquear as páginas o Google utiliza centenas de fatores. Aqui vamos listar os 10 principais que MELHORAM o rankeamento.

Autoridade da Página

O PageRank é uma parte fundamental do algoritmo de buscas do Google. Trata-se de um cálculo matemático que, a princípio, leva em conta quantos links cada página e site na web receberam. Essa primeira parte do algoritmo calcula os links de entrada e cria uma nota (que é o próprio PageRank) para o site e para a página. Embora seja um recurso antigo, o Google afirma que ele ainda é muito utilizado pelos algorítimos.

Autoridade do Domínio

A autoridade de um domínio é construída com base na relevância de antigos conteúdos e, assim como um bom vinho, melhora com o tempo. A Autoridade de Domínio é um dos indicadores da reputação que um domínio possui e é calculada basicamente pela quantidade e pela qualidade de links que um site recebe.

TrustRank (Relevância de Links)

O Google determina o seu TrustRank baseado em seus relacionamentos, ou seja, em quantos links você recebe de sites de confiança.

Uso de Certificado SSL e HTTPS

O Google informou que sites seguros, que usam Certificado SSL e HTTPS, ganham prioridade. Ainda não se percebeu impacto disso no rankeamento, mas esse fator deve ganhar força.

Conteúdo original e de qualidade

O Google prioriza quem tem um conteúdo original para oferecer para o usuário, assim nada plagiado ou copiado vai ser priorizado nas buscas por aqui.

Tamanho do conteúdo

Conteúdo com menos de 500 palavras é considerado de baixa qualidade e pouco relevante para o Google. Quando o conteúdo for maior, ele entende que tem uma maior profundidade ao tratar de um determinado assunto.

Palavra-chave no título e conteúdo da página

Um dos pontos principais na otimização é a utilização de palavras-chaves no título da sua página. Ter as palavras-chaves também no conteúdo da página, logo nas primeiras 100 palavras vai te auxiliar a aparecer melhor nos motores de busca, bem como subtítulos.

Tempo de permanência da página

O Google presta muita atenção em quanto tempo o usuário fica dentro de uma página, oferecer conteúdo interessante prende a atenção do usuário e logo ele permanece na sua página por mais tempo.

Velocidade do carregamento

Quanto mais rápida ser a sua página maior chance de estar bem ranqueada ela vai ter. O tempo de carregamento do site segundo o Google, é um fator fundamental para o rankeamento.

Design responsivo

Desde 2015, conforme anunciado pelo Google, seu algorítimo prioriza aqueles sites que se adaptam a todos os tipos de dispositivos (sites responsivos).


Contador de Caracteres para SEO


E como minha empresa pode se destacar nos motores de busca?


Acima vimos os principais fatores que são levados em consideração na hora de um bom rankeamento, para se destacar é preciso investir nelas. Na prática você pode fazer da seguinte forma:


Escolhendo palavras-chaves

Novamente as palavras-chaves entram em ação, pois só o título não adianta, é preciso descobrir o modo que o seu público busca pela sua marca, serviços ou produtos e a forma que ele se comporta na internet, para que então você otimize as suas palavras-chaves para que os mecanismos de buscas coloquem a página em um bom rankeamento.


Há algumas ferramentas que podem te ajudar com a pesquisa de palavras-chaves, como o Keyword Planner do Google, o Keyworld Tool e o SemRush. Através delas você consegue ver o volume de busca que cada palavra-chave possui e assim eleger a melhor para sua otimização.


Produza um conteúdo relevante 

O conteúdo também deve ser pensando! Atualmente o Google tem várias formas de identificar o que foi relevante para o público ou não.


Por isso foque em um conteúdo exclusivo, e que de fato gere interesse para o seu leitor! Quanto mais o Google ver que os usuários permanecem em sua página, melhor rankeada ela é.


De olho no tamanho dos conteúdos 

Não é fácil mensurar se o tema se aprofunda no que o usuário buscou, por isso o Google se atenta ao tamanho do artigo, e também o Google não determina um tamanho ideal, mas especialistas no assunto recomendam que seus conteúdos tenham pelo menos 500 palavras para ter relevância.


Jamais copie o conteúdo 

Os motores de busca não aceitam plágio, por isso você deve estar sempre de olho em um conteúdo exclusivo! Aliás, pode usar inspirações de sites confiáveis, mas escreva da sua maneira.


Invista na qualidade da escrita 

Os motores de busca são capazes de identificar, em muitos idiomas, quando uma página tem erros de gramática e de ortografia.


Por exemplo, se você escreve um conteúdo de forma ruim, difícil de ser interpretado pelo leitor a página pode ser penalizada ou até mesmo denunciada como spam.


Por isso sempre revise o seu artigo antes de postar em sites / blogs.


Ofereça links externos de qualidade 

Para conquistar links você precisa também oferecer links, e os motores de busca estão favorecendo cada vez mais essa prática, já que passam a valorizar páginas com link externo.

Mas pra isso o link precisa se de qualidade, e foque na troca (não colocar sempre o link do mesmo site, por exemplo).


Conclusão

Gostou das dicas? Esperamos que nosso artigo tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre o que é SEO e como as otimizações para motores de busca impactam nos resultados a sua empresa.

Definitivamente não temos controle sobre como o algoritmo se comporta, mas se atentando a esses fatores, com certeza sua empresa vai conseguir se destacar nos motores de busca!

Compartilhe este post:

Deixe seu comentário